Se vai o Cantor ‘Jorge Freitas’ ao “Estreito do Corredor”...!

13/06/2020 18h26

Se vai o Cantor ‘Jorge Freitas’ ao “Estreito do Corredor”...!


No mundo artístico vivemos épocas de "lives" e tentativas justas e esforçosas de fazer com que arte permaneça viva e acessível a todos.

No mundo real nos deparamos com notícias de perdas, distanciamentos e uma sensação surreal de que a pandemia mundial talvez não nos atinja.

E é nesta atmosfera que a notícia de mais uma perda foi recebida com profunda tristeza.

A alusão ao "cantor" de forma simples, contida no título deste texto, esconde, assim como o momento, a grandeza, a multiplicidade e a versatilidade de Jorge Antonio Rodrigues de Freitas, santoangelense, missioneiro, cidadão riograndense que faleceu na manhã deste sábado (13/06/2020) na cidade que escolheu para viver, Cruz Alta(RS).

Nasceu na localidade da Vila Branca na capital missioneira em 30 de março de 1961.

Homem de rádio trabalhou inclusive em Ijuí apresentando programas nativistas. Foi âncora em apresentações televisivas, apresentador de festivais e ultimamente ocupava um posto de servidor público junto a Secretaria de Cultura e Turismo de Cruz Alta.

Essa versatilidade lhe rendeu nos anos de 2002 e 2003 convites para apresentação e shows na região nordeste em eventos promovidos pelos Centros de Tradições Gaúchas que por lá se instalaram e em 2008 pelos eventos da capital paulistana.

Diante de tantas lidas, foi no palco, onde com brilhantismo atingiu o ápice de sua carreira artística. Desde muito cedo participou de projetos envolvendo apresentações musicais escolares.

Era compositor, mas como intérprete é que sem dúvida se tornou eterno.

Participou de vários dos festivais nativistas que na década de 80 se espalhavam por todo o território gaúcho.

Foi vencedor em muitas oportunidades, tanto com premiações individuais quanto levantando a premiação máxima, inclusive a 26ª edição da Coxilha Nativista.

No ano de 1997, interpretando "Peão do meu Bagé", de autoria de Mauro Ferreira e Luiz Carlos Borges (Album Recuerdos Costeiros) ficou liderando as "paradas'' musicais nas emissoras de rádio do Estado por várias semanas.

Em 2015 foi laureado com o Troféu "RAÍZES" ofertado pela RBS no programa Galpão Crioulo onde participou em novembro daquele ano apresentando seu trabalho com parceiros músicos.

Seria breve este resumo não fosse para lamentar sua perda.

A Associação Cultural Canto de Luz - ACCAL se solidariza com os familiares, amigos e parceiros.

Jorge Freitas foi jurado, bem como uma das atrações com seu Show solo, na 2ª edição do Festival Nativista Canto de Luz em 2013.

Outra citação, a que dá título a esta nota, intitula exatamente uma das icônicas canções levadas por "Jorginho" ao palco do Festival Nativista Canto de Luz.

A composição de Diego Muller, Zé Ucha Ribeiro e Halber Lopes "No estreito do corredor" onde divide a interpretação com Ângelo Franco é um lamento e a "mea culpa" cantada em versos pelo tropeiro, de cuja lida, afirma "é última tropa que empurro a cavalo" e fez história:

"Reador" soluçando seu golpe matreiro, conduzindo a tropa:

É a dor que me topa - e finjo não ser, pra seguir ante o embalo !

Sigas em frente Jorge Freitas !!!!

Edições Anteriores

Mais informações

O Festival Nativista Canto de Luz é um evento realizado pela Prefeitura de Ijuí, através da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo e Associação Cultural Canto de Luz, com apoio das forças vivas da comunidade.

Local: CTG Clube Farroupilha, em Ijuí/RS

E-mail:

Fone: (55) 3331-8200

Apoio

© Todos os direitos reservados, 2020. Login

Votação do público está aberta!

Participe da nossa votação online !